Seis brasileiros tem renda igual a de 100 milhões de pessoas

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A desigualdade social no Brasil está cada dia maior. E com a Reforma Trabalhista e a Lei da terceirização aprovadas, o contraste entre ricos e pobres deve aumentar ainda mais. É o que aponta relatório da organização internacional OXFAM, divulgado hoje.

Fonte: Rede TVT

Anúncios

Milhares em Paris contra reforma do trabalho de Macron

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O movimento francês de esquerda A França Insubmissa (LFI, _La France Insoumise_) reuniu milhares de participantes numa manifestação contra a reforma do Código do Trabalho preconizada pelo Governo do Presidente Emmanuel Macron, reforma que os manifestantes definem como golpe contra o Estado social.

Fonte: Euronews

Reforma trabalhista viola convenções da OIT

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Faltam exatamente dois meses para que a reforma trabalhista entre em vigor no país, mas a nova lei vai contra as convenções da Organização Internacional do Trabalho (OIT). A conclusão, de especialistas e representantes dos trabalhadores, foi debatida no dia 11/09/17, no Senado Federal, em Brasília (DF).

Fonte: Rede TVT

Reforma trabalhista

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Em 12 de novembro deste ano entram em vigor as modificações na lei trabalhista. Mas ainda há muitas dúvidas a respeito de como as alterações na CLT vão funcionar na prática. Nesta edição, Panorama pretende esclarecer algumas dessas dúvidas.

Fonte: TV Cultura

Home office é uma das novidades da legislação trabalhista

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Uma das novidades da legislação trabalhista, sancionada pelo presidente Michel Temer, é a possibilidade de fazer home office, ou seja, trabalhar em casa. Com isso, o funcionário deixa de enfrentar problemas típicos de grandes cidades como o trânsito intenso, e pode focar na melhoria da produtividade.

Fonte: TV NBR

Contrato intermitente traz riscos para o trabalhador

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Especialistas em Direito do Trabalho explicam que o contrato intermitente beneficia o contratante, porque transfere todos os riscos para o empregado. Um operador de máquinas, por exemplo, é chamado para trabalhar 4 horas. Recebe por essas horas e não sabe quando será chamado de novo.

Fonte: Rede TVT

Professor explica aspectos da reforma trabalhista

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Professor de História José Santana, da Universidade Estadual de Goiás (UEG) fala sobre a reforma trabalhista e de que forma ela vai influenciar na vida do trabalhador.

Fonte: TVUFG