Cesta básica tem deflação em algumas regiões

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Em maio, o custo da cesta básica diminuiu em boa parte do país, mas ficou acima da média em outras regiões. É o que aponta uma pesquisa nacional feita pelo Dieese.

Fonte: TV Canção Nova

Anúncios

Inflação baixa, desemprego alto e crise

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
No acumulado de 12 meses até maio passado, o IPCA, que meda a inflação oficial do país, foi de 3,60%. É a taxa mais baixa desde maio de 2007. Mas nem sempre queda da inflação tem significado positivo. Fausto Augusto Júnior, professor da Escola Dieese de Ciência do Trabalho, analisa os dados.

Fonte: Rede TVT

Preço do botijão de gás será reajustado mensalmente

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A Petrobras anunciou que o gás de cozinha terá aumento de 6,7% nas refinarias. A partir de agora os preços serão revisados todo mês, como já acontece com a gasolina.

Fonte: Jornal da Band

Conta de luz terá redução na tarifa

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Uma noticia boa para os consumidores: a conta de luz em Minas Gerais, tanto para consumidores residenciais e industriais, terão percentuais de redução de 6,5% e 21%, respectivamente, a partir do dia 21 de maio de 2017.

Fonte: TV Paranaíba

Planos de saúde aumentam 13,5% a partir de junho

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Consumidores e especialistas criticam o aumento autorizado de até 13,5% no valor dos planos de saúde, a partir de junho. O reajusta é mais que o triplo da inflação e vai atingir cerca de oito milhões de brasileiros. Acompanhe na matéria.

Fonte: Jornal da Record

Preço do leite sobe

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O preço de leite aumenta em Minas Gerais por conta do período seco. Também o auto custo de produção em 2016, fez com que produtores mudassem de atividade ou reduzisse o rebanho e consequentemente a produção. Confira na reportagem.

Fonte: TV Paranaíba

A tendência da inflação

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A inflação oficial, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), desacelerou de março para a abril. É a menor taxa para o mês (0,14%) desde a criação do Plano Real, em 1994. Em abril do ano passado, o índice foi quatro vezes maior que o atual. A queda se deu, principalmente, porque as contas de energia elétrica e os combustíveis ficaram mais baratos.

Fonte: Jornalismo SBT

A carne está mais cara

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Mesmo com a queda na quantidade de carne exportada em abril, o valor do produto brasileiro subiu para os compradores estrangeiros. O brasileiro também está pagando mais caro pela carne. E os consumidores do Estado de São Paulo sentiram mais no bolso por causa da alta do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, o ICMS.

Fonte: TV Canção Nova

Leite e derivados sobem mais do que a inflação

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O preço do leite e dos derivados subiu, em média, 10%, nos últimos 12 meses. O crescimento acima da inflação deixou o café da manhã de muita gente mais amargo.

Fonte: Jornalismo SBT

Inflação do primeiro trimestre de 2017 é a menor desde o início do plano Real

Clique na imagem para ver este vídeo
0.jpg

O IBGE divulgou no dia 7 de abril de 2017, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor, que mede a inflação oficial. O índice ficou em 0,25%. É a menor taxa para o mês de março dos últimos cinco anos. Em março, a queda no preço da gasolina e do etanol ajudou a frear a inflação. Na outra ponta, a energia elétrica puxou o índice para cima. Alguns alimentos também ficaram mais caros, café, leite e pão. Veja na reportagem!

Fonte: Jornal da Record