Cientistas protestam contra o corte em pesquisa

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Desde 2015, R$ 12 bilhões foram cortados pelo governo federal da verba destinada à pesquisa nas universidades de todo o Brasil. Por conta da falta de investimentos, cientistas temem que a paralisação dos avanços e que os projetos já iniciados se tornem obsoletos, o que faz com que as quantias já investidas não ofereçam nenhum retorno.

Fonte: Jornalismo SBT

Anúncios

Consumidor substitui marcas tradicionais

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A diferença de preços pode ser grande entre marcas próprias de supermercados e tradicionais. No leite, por exemplo, a economia pode chegar a 19%.

Fonte: Jornal da Record

Só 3% aprovam o governo Temer

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Pesquisa Ibope divulgada hoje mostra que o presidente Michel Temer tem a pior avaliação popular desde o fim da ditadura militar, com apenas 3% de aprovação entre os brasileiros.

Fonte: Jornal da Gazeta

Para ministro da Saúde, existem hospitais demais no Brasil

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Para o ministro da Saúde do governo Temer, o engenheiro Ricardo Barros, existem hospitais demais no Brasil. Em entrevista para a revista Exame, Barros declarou que o sistema de saúde no Brasil poderia funcionar com apenas um quinto dos hospitais disponíveis.

Fonte: Rede TVT

STF aceita nova denúncia contra Temer

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Por 10 votos a 1, foi mantido o envio para a Câmara dos Deputados da nova denúncia da Procuradoria-Geral da República contra Temer. A análise do processo deve ser iniciada na próxima semana. A dúvida é se Temer conseguirá evitar a aceitação desta segunda denúncia, como aconteceu com a primeira de que foi alvo.

Fonte: Rede TVT

Só 3,4% aprovam o governo Temer

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT) com o Instituto MDA mostra que aumentou a rejeição dos brasileiros ao presidente Michel Temer.

Fonte: Jornal da Gazeta

Destruição da Amazônia

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A história da reserva nacional do cobre e associados da Renca já começa a se complicar pelo nome que fala em cobre. Acontece que as empresas interessadas em explorar a reserva estão de olho mesmo é no ouro, níquel, manganês, tântalo e outros minerais nobres. Para se ter uma ideia, já existem mais de 600 projetos de exploração na área, por isso a pressão sobre o governo para liberação. Contudo a reserva abriga nove áreas de conservação, sendo sete de proteção ambiental e duas indígenas, o que preocupa os ambientalistas.

Fonte: TV Cultura