Banana é a fruta mais consumida no Brasil

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A banana continua sendo a fruta mais consumida por brasileiros e está em segundo lugar no mundo. Fica atrás apenas da laranja. Ocupa a primeira posição no ranking mundial de produção de frutas com mais de 106 milhões de toneladas. O Brasil responde por 7 milhões de tonelada.

Fonte: TV Direta Mococa

Anúncios

Frutas: oferta em alta, preços em baixa

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O aumento na oferta de frutas nos mercados atacadistas colaborou para a queda dos preços durante o mês de abril. Preço da laranja, da maçã e da melancia caíram no período.

Fonte: TV NBR

Frutas calóricas podem engordar

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Manter uma alimentação saudável é a dica de qualquer nutricionista. O primeiro passo: incluir mais legumes, verduras e frutas na alimentação. Mas nada em excesso, principalmente em relação às frutas. Para quem quer perder peso ou manter o peso, não dá pra exagerar.

Fonte: TV Universitária de Uberlândia

Receitas com frutas

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O Núcleo de Estudos em Gastronomia (NEG) do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), realizou um almoço com chefs de cozinha, empreendedores do setor do turismo, produtores e empresários do ramo de sorvetes para apresentar as opções de aproveitamento de frutas nativas da região da Serra Catarinense.

Fonte: IFSC TV

Como fazer muda de abacateiro

[category agronegócio]

[tag muda, fruta, técnica, abacate]

Clique na imagem para ver este vídeo
0.jpg

Ter um abacateiro em casa, plantado a partir da enxertia, garante um tempo menor de crescimento da planta. Essa e outras dicas de enxertia do abacateiro você aprende no quadro Emater Responde.

Fonte: Emater/RS-Ascar

Classificadora compacta para beneficiamento e classificação de frutas e hortaliças

Clique na imagem para ver este vídeo
0.jpg?w=585

Classificadora móvel compacta para beneficiamento e classificação de frutos para pequenos e médios produtores. Não usa água na limpeza e pode ajudar pequenos produtores a classificar tomate e outros frutos e hortaliças, no próprio campo, além de contribuir para a redução de perdas no pós-colheita.