Anti-inflamatórios vendidos sem receita aumentam risco de infarte e derrame

Clique na imagem para ver este vídeo
0.jpg?w=585

O Ibuprofeno aumento em 31% o risco de uma parada cardíaca. Já com o Diclofenaco, esse número sobe para 51%. O alerta é da Sociedade Europeia de Cardiologia. Para combater a inflamação, o remédio bloqueia a liberação de uma substância chamada prostaglandina. O problema é que isso mexe com a circulação sanguínea de todo o corpo.

Anúncios