Arqueologia e a cultura Kaingang

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Cultura Kaingang e as pesquisas arqueológicas da Unesp relacionadas às questões indígenas são abordadas nesta edição do Artefato! Começamos o programa, visitando o Museu de Arqueologia Regional da Unesp de Presidente Prudente, cujo objetivo principal é divulgar para a comunidade os materiais arqueológicos de grupos indígenas, além de realizar deferentes pesquisas!

Fonte: TV Unesp

Anúncios

Mulheres na ciência

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Esta edição do Sala de Convidados fala sobre mulheres na ciência. Em um cenário em que as desigualdades de gênero ainda são enormes, na esmagadora maioria dos setores as mulheres ganham menos do que os homens, e que, apesar dos avanços, ainda há muito a caminhar na luta por igualdade, uma boa notícia chamou a atenção em 2017. Houve um significativo crescimento na participação das mulheres na produção científica no Brasil e a metade da ciência no país já é produzida por elas. Segundo o relatório Gender in the global research landscape (Gênero no cenário global de pesquisa, em tradução livre), a proporção de mulheres que publicam artigos científicos cresceu 11% e elas são responsáveis por 49% dos artigos publicados. O relatório apontou ainda que o Brasil é quarto país no mundo na produção de ciência por mulheres.

Fonte: Canal Saúde Oficial

Humanos chegaram em Sumatra há mais de 60 mil anos

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Uma nova análise de velhos fósseis situou a chegada dos humanos modernos procedentes da África à ilha indonésia de Sumatra há 63.000 anos, 20.000 anos antes do que se achava, informaram hoje fontes acadêmicas. A descoberta confirmaria as suspeitas da comunidade científica de que o Sudeste da Ásia era povoado há 45.000 anos, uma possibilidade apontada pela presença humana anterior a essa data na China e na Austrália, mas que até agora não se tinha provas.

Fonte: EFE Brasil

Padrão referencial do quilograma vai mudar em 2018

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A nova metodologia vai utilizar constantes da física, ao invés de um pedaço de metal guardado na França.

Fonte: Jornal da Band

De onde vem o sabor das frutas?

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Químicos já produziram cerca de três mil aromas sintéticos para serem usados em alimentos e produtos cosméticos.

Fonte: DW Brasil

Serra da Capivara guarda vestígios históricos

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O local está localizado no sertão do Piauí, na Serra da Capivara, e é considerado um dos patrimônios da humanidade onde são guardados vestígios históricos.

Fonte: Jornal da Band

Ciência brasileira sofre com corte de verbas

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Começam a aparecer os efeitos do corte de R$ 2,5 bilhões nas verbas para a ciência, promovido em março pelo governo Temer. Pesquisas importantes, como a da vacina contra o zicavírus, sofrem interrupção, enquanto jovens cientistas são afetados pela redução de bolsas de estudos.

Fonte: Rede TVT

Parque em Serra da Capivara é paraíso natural e arqueológico

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Um patrimônio da humanidade no sertão do Piauí. O Parque Nacional Serra da Capivara é o berço do homem pré-histórico americano. Um local com paisagens deslumbrantes e de valor científico incalculável. Por isso, precisa ser preservado.

Fonte: Jornal da Band

A algaroba

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Produzido pela TV UFPB, o programa Ciência Aberta utiliza elementos da teledramaturgia e do jornalismo para relacionar a ciência e o saber popular a fim de promover o contato da comunidade com as pesquisas cientificas realizadas na Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Fonte: TV UFPB

Macacos-prego brasileiros usam pedra para se alimentar

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A Scientific Reports mostra, pela primeira vez, como os macacos-prego da Serra da Capivara, no Piauí, usam pedras na busca por alimentos. A descrição desse comportamento foi publicada na revista pelo pesquisador brasileiro Tiago Falótico, do Instituto de Psicologia – USP.

Fonte: Canal USP

Ancestral humano mais antigo pode ser europeu

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O nosso ancestral mais antigo, um tipo de pré-humano, viveu na Europa e há 7,2 milhões de anos, concluíram cientistas da Universidade de Tübingen, na Alemanha. A descoberta se baseia no estudo de fósseis de um dente e uma mandíbula. A hipótese adotada pelos especialistas até agora era de que, na verdade, a África seria o berço da humanidade.

Fonte: DW Brasil

Pinturas rupestres recontam a história da América do Sul

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O Parque Nacional Serra da Capivara contém pinturas rupestres que recontam a história da chegada do homem ao continente americano.

Fonte: Jornal da Band

Cientistas testam em árvores sistema antiterremoto

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Durante testes em laboratório, pesquisadores na França conseguiram perceber que hastes verticais sobre determinada superfície, em vez de propagarem um tremor o absorvem, fazendo com que seu impacto seja reduzido. Testes feitos após esses resultados revelaram que o mesmo acontece com árvores. A ideia é, a partir dessas conclusões, chegar a um sistema de proteção contra abalos sísmicos nas cidades.

Fonte: DW Brasil

Oswaldo Cruz, o médico do Brasil

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Dirigido pelo cineasta Silvio Tendler, o documentário, produzido especialmente para o Projeto Memória tem 27 minutos de duração e foi destinado especialmente ao público jovem. Modernos recursos gráficos intercalados com imagens de época e cenas produzidas por atores contarão a história do grande sanitarista. O vídeo foi distribuído às bibliotecas públicas de todo o Brasil e exibido em redes de televisão, teve seu lançamento em 2003, no Centro Cultural do Banco do Brasil do Rio de Janeiro. O Projeto Memória tem o apoio da Fundação Banco do Brasil.

Fonte: Fundacao BB

Idade da pedra: macacos no Piauí surpreendem cientistas

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Uma espécie na Ilha da Capivara bate pedras para fazer ferramentas, como os ancestrais humanos.

Fonte: Café com Jornal

Por que a maior parte dos animais tem dois olhos?

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Se você também já se perguntou por que a maioria dos bichos tem dois olhos, essa é a chance para tirar a sua dúvida. E já começa pelo fato de essa informação não é regra na natureza.

Fonte: DW Brasil

Vale quanto pesa?

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A partir de 2018, o quilograma deve deixar de ser representado pelo cilindro metálico usado desde 1889 e passar a ser medido por uma das constantes fundamentais da física.

Fonte: Pesquisa Fapesp