Mulheres desistem de procurar trabalho

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Cerca de 25% dos jovens, entre 18 a 24 anos, também desistiram de retornar ao mercado de trabalho.

Fonte: Jornal da Record

Anúncios

Teletrabalho é alternativa para mais qualidade de vida

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O teletrabalho, uma maneira de trabalhar à distância com o auxílio da tecnologia, pode resolver boa parte dos problemas das grandes cidades.

Fonte: TV Câmara São Paulo

Emprego temporário deve crescer 10% este ano

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O número de empregos temporários deve aumentar 10% até o fim do ano. A expectativa é que sejam abertas mais de 400 mil vagas, principalmente na indústria e no comércio.

Fonte: Band Jornalismo

Funcionários de telemarketing: um trabalho estressante

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Funcionários de telemarketing lidam com insultos e muita pressão durante a rotina de trabalho. O Domingo Espetacular mostrou o que os profissionais da área fazem para desestressar após a jornada de trabalho. Para assistir ao conteúdo na íntegra acesse PlayPlus.com

Fonte: Domingo Espetacular

Perfil nas redes sociais pode ajudar na busca por emprego

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Uma pesquisa nos Estados Unidos mostrou que metade dos empregadores desiste de entrevistar quem não está nas redes sociais. A grande maioria confere as postagens antes de contratar um funcionário.

Fonte: Band Jornalismo

Empresa dobra capacidade de produção e gera empregos

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Em plena crise econômica e com milhões de brasileiros desempregados, uma fábrica de bebidas vai dobrar a sua capacidade em 2019. Pelo menos 150 empregos diretos serão criados em Campo Grande. Mas para isso, a prefeitura doou uma uma área para empresa, concedeu isenção de impostos.

Fonte: SBT MS

Terceirização nas atividades-fim

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Em sessão realizada no fim de agosto de 2018, o Supremo Tribunal Federal (STF) votou e aprovou a terceirização nas atividades-fim das empresas. Agora, as instituições poderão escolher o modelo mais conveniente de negócio até para a principal atividade que desempenham. E pra falar sobre as implicações que essa decisão pode trazer, o Unesp Notícias recebeu o professor do curso de Administração da Unesp em Tupã, Renato Dias Baptista.

Fonte: TV Unesp