Desastre de Mariana faz três anos e incertezas continuam

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Após três anos do rompimento da barragem de rejeitos da Samarco, na cidade de Mariana (MG), permanecem dúvidas sobre as consequências no consumo da água e do pescado, devido à alta concentração de metais pesados nos rios e oceano atingidos. Pesquisas continuam sendo desenvolvidas para avaliar os danos provocados pelo desastre.

Fonte: TV UFES

Anúncios