Trabalho de aprendiz deve ser computado para aposentadoria

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Para conseguir aposentadoria integral, o brasileiro tem que comprovar um tempo mínimo de contribuição para a Previdência Social. São exigidos 35 anos de trabalho para o homem e 30 anos para a mulher. Mas um segurado entrou na Justiça pedindo que o período em que trabalhou como jovem aprendiz fosse contabilizado também nesse cálculo e conseguiu. O Tribunal Regional Federal da 1ª Região entendeu que a incorporação do tempo de aluno aprendiz para fins previdenciários já é uma jurisprudência consolidada por tribunais superiores.

Fonte: Programa Via Legal

Anúncios