Unesco quer usar tecnologia 3D para recriar acervo

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A missão liderada pela Unesco para ajudar na recuperação do acervo do Museu Nacional quer usar a impressão em 3D para recriar peças queimadas no incêndio do início de setembro. A estimativa é que o trabalho de restauração leve cerca de dez anos.

Fonte: Band Jornalismo

Anúncios