PIB cresce apenas 0,2% no segundo trimestre de 2018

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O consumo das famílias ficou estagnado, a agropecuária teve zero de crescimento e as exportações andaram para trás. Esse é o retrato do segundo trimestre da economia brasileira, feito pelo IBGE. O crescimento foi de 0,2% na comparação com o trimestre anterior. O IBGE também reviu o índice de expansão dos três primeiros meses do ano: em vez de 0,4%, o PIB avançou apenas 0,1%. O acumulado em 12 meses está em 1,4%.

Fonte: SBT Jornalismo

Anúncios

EUA e Canadá não chegam a acordo sobre tratado comercial

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Os Estados Unidos e o Canadá terminaram as negociações para a substituição do do Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA) sem um acordo, mas as conversações devem ser retomadas quarta-feira. As reuniões foram afetadas pelas declarações de Trump que disse que o acordo tinha de ser nos termos definidos pelos EUA.

Fonte: Euronews

O que é mito e o que é verdade na eleição

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Quando se trata de eleições, há muitos boatos circulando na internet. Saiba como não cair em nenhuma cilada.

Fonte: DW Brasil

Professores desmotivados diminuem qualidade do ensino

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Especialistas apontam que os resultados baixos dos alunos em disciplinas importantes, como português e matemática, também são influenciados pela falta de motivação e insatisfação dos professores.

Fonte: Jornal da Record

Crise na Argentina prejudica exportações do Brasil

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A crise na Argentina já causa reflexos no Brasil que vão além do câmbio. As exportações para o país sofreram abalo com o agravamento da recessão por lá, e a tendência é que a situação piore se o governo não conseguir recuperar a confiança do mercado financeiro.

Fonte: Band Jornalismo

Desemprego: famílias são sustentadas por aposentados

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Quase 6 milhões de famílias se mantêm com o dinheiro de quem já se aposentou. O número cresceu 12% em um ano. Para assistir ao conteúdo na íntegra, acesse PlayPlus.com

Fonte: Jornal da Record

Medo do desemprego faz universitários adiarem formatura

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Adiar a formatura na universidade tem sido a alternativa dos universitários brasileiros para fugir da turbulência do desemprego. E essa preocupação tem fundamento. A taxa de desocupação entre jovens de 18 e 24 anos ficou 26,6% no segundo trimestre deste ano, segundo o IBGE, mais que o dobro da média nacional.

Fonte: SBT Jornalismo