Dançar para estimular o cérebro

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Dançar é o treino de inteligência ideal. É a combinação de várias habilidades. Foi por isso que a Escola Superior Técnica de Zurique teve a ideia de desenvolver os chamados “exergames”, jogos onde desafios físicos e mentais se misturam.

Fonte: DW Brasil

Anúncios

Cientistas desenvolvem droga capaz de combater Alzheimer

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Já no primeiro estágio da doença, placas de proteína se formam no cérebro. Mas uma injeção, ainda em fase experimental, conseguiu removê-las e reduziu em 30% o declínio mental em alguns pacientes.

Fonte: Jornal da Record

Cúpula dos Brics termina com demonstração de força

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Aos cinco países dos Brics, juntaram-se 19 nações africanas e ainda Turquia, Argentina e Jamaica, que preside o grupo do Caribe e América Central. Nos bastidores, o 10º encontro do grupo virou um ato de protesto contra a guerra comercial iniciada pelos Estados Unidos.

Fonte: SBT Jornalismo

PGR sugere impugnação de candidatos sem ficha limpa

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A procuradora-geral da república Raquel Dodge afirmou que vai tentar barrar candidatos ficha suja nas eleições de outubro de 2018.

Fonte: Jornal da Record

Qual o limite da tecnologia na infância?

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Dados da Academia Americana de Pediatria, mostram que crianças de dois a cinco anos devem usar apenas durante uma hora smartphones e tablets. Entretanto, a realidade é bem diferente. Será que as tecnologias são a chupeta da nova geração?

Fonte: Canal Futura

Gasto das famílias com juros soma R$ 354 bilhões

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Os brasileiros gastam com alimentação, roupas, remédios, transporte e também com juros. Isso mesmo, com muitos juros. Segundo uma pesquisa da Fecomércio, a Federação do Comércio do Estado de São Paulo, só no ano passado, quase R$ 355 bilhões de reais da renda do trabalhador foram para pagar juros aos bancos.

Fonte: Rede TVT

Regras para compra de carros especiais têm alteração

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O governo alterou a regra para a revenda de veículos comprados com isenção de impostos para pessoas que possuem deficiência física, visual, mental ou autismo. Agora, o proprietário do carro adquirido com o benefício, em vez de dois anos, terá que ficar com ele por pelo menos quatro anos.

Fonte: Band Jornalismo