Mogno africano

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
No Mato Grosso do Sul, produtor investe no consorciamento do mogno africano e erva-mate e espera alta lucratividade. O faturamento é estimado em 150 sacas de soja por ano ao fim do ciclo, entre 15 e 18 anos, quando a árvore estará no ponto de corte.

Fonte: Revista do Campo

Anúncios