Trópico Semiárido: a nova geografia do mundo do vinho

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Diferente das áreas vinícolas dos chamados Velho e Novo Mundo do Vinho, onde, sob clima temperado e temperaturas amenas, as colheitas acontecem uma única vez no ano, nas zonas tropicais do planeta, mais quentes, as safras ocorrem duas vezes por ano. No caso do Semiárido brasileiro, por causa do ambiente e dos recursos técnicos de manejo, as vinícolas podem dispor, ao mesmo tempo, de parrerais em fase de produção, de floração, de poda e ainda de repouso. Como se estivesse submetido às quatro estações (outono, primavera, inverno e verão), simultaneamente.

Fonte: Dia de Campo na TV

Anúncios