Caminhoneiros: protesto ou locaute?

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Os caminhoneiros cruzaram os braços e ocuparam as rodovias no dia 21 de maio. Sem liderança centralizada, as reivindicações vão desde a redução do preço do diesel à regulação dos fretes rodoviários. A greve afetou causou, ao menos, uma perda de R$ 10 bilhões para a economia.

O governo levantou a hipótese de que a manifestação era locaute. Ilegal no Brasil, esse tipo de paralisação é promovida por empresários para atender aos seus interesses. No caso, seriam os donos das transportadoras que estariam por trás da mobilização, como explica a repórter Angela Boldrini nesta edição do Sua Política.

Fonte: TV FOLHA

Anúncios