Produtor é impedido de vender safra de vinho com mais sódio

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Antes de comprar uma garrafa de vinho é comum as pessoas olharem o teor alcóolico, que varia de 8% a 14% nos mais finos. Mas pouca gente sabe o nível de cloreto de sódio, o sal, que tem na composição do vinho. E existe um nível máximo permitido pelo Ministério da Agricultura. Em Minas Gerais, um empresário que estourou em três vezes o limite de sódio foi proibido de vender a safra e questionou essa regra. Para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região, o produto estava em desacordo com as normas brasileiras e a proibição foi mantida.

Fonte: Programa Via Legal

Anúncios