Desvalorização do trabalho feminino


Na semana do Dia Internacional da Mulher, a coluna Emprego e Renda fala sobre a desigualdade salarial em relação aos homens no mercado. As mulheres recebem em média 26% a menos realizando a mesma função, além de cumprirem dupla jornada por conta dos afazeres domésticos e familiares.

Fonte: Jornal Minas

Anúncios

Mudanças no algoritmo do Facebook


As mudanças anunciadas pelo Facebook no algoritmo que seleciona quais conteúdos terão mais visibilidade nos feeds de notícias têm deixado usuários e empresas de comunicação sem saberem como será o futuro da troca de informações pela rede social. Quem comenta esse assunto no quadro Conexão Unesp é Mark Datysgeld, mestre em Relações Internacionais e co-fundador do Núcleo de Estudos e Análises Internacionais do Instituto de Políticas Públicas e Relações Internacionais da Unesp em São Paulo.

Fonte: TV Unesp

Feminicídio


Com a quinta maior taxa de feminicídios do mundo, o Brasil é um país no qual há muita violência contra a mulher – e é preciso falar sobre isso, é preciso discutir como nos organizamos historicamente enquanto homens e mulheres, e como podemos mudar esse quadro assustador.

Fonte: UFRGS TV

Testamos o novo aplicativo do Tesouro Direto


Inicialmente, ferramenta estará acessível apenas para iPhone; versão para Android será lançada em abril de 2018. Mas confira a explicação.

Fonte: Estadão

Plataforma Caretas da Unicef


Conheça a plataforma que Unicef desenvolveu junto ao Facebook, onde utilizam uma ferramenta de inteligência artificial, visando informar os jovens sobre a segurança online.

Fonte: Canal Futura

Mortalidade feminina por doenças cardíacas


As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte entre as mulheres, segundo o Ministério da Saúde. Estudos apontam que 1 em cada 5 mulheres adultas tem risco de sofrer um infarto no país. Para falar sobre o assunto, o Jornal da Câmara recebeu a cardiologista Maria Cristina Izar, diretora cientifica da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo.

Fonte: TV Câmara São Paulo

Consumir folhas verdes retarda envelhecimento do cérebro


Um estudo publicado por uma revista de neurologia norte-americana apontou que o consumo diário de folhas verdes ajudou idosos a retardar o envelhecimento do cérebro. Confira na reportagem!

Fonte: TV Câmara São Paulo