Coordenador da Lava Jato critica indulto de Natal

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Nesta semana, Michel Temer assinou o polêmico indulto de Natal, uma espécie de perdão de pena concedida todos os anos pelo presidente da República. Desta vez, Temer determinou que os presos não forem reincidentes precisarão cumprir somente 20% da pena, desde que tenham cometido crimes sem violência ou grave ameaça. A mudança foi criticada pelo coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, já que os presos por corrupção serão beneficiados.

Fonte: Jornalismo SBT

Anúncios