Índice de desemprego cai, mas taxa continua alta

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Entre agosto e outubro de 2017, o Brasil registrou queda no número de desempregados em relação ao trimestre anterior, mas a taxa ainda é maior dos últimos cinco anos. O índice foi de 12,2%, o que significa uma alta de 5,8% em comparação ao mesmo período de 2016. O número de trabalhadores sem carteira assinada cresceu, e chega a 23 milhões em todo o país. Para quem está fora do mercado e busca uma recolocação, a esperança é de dias melhores no próximo ano.

Fonte: Jornalismo SBT

Anúncios