Índios lutam na justiça para usarem nomes étnicos

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Índios alegam que os cartórios se recusam a registrar os recém-nascidos com nomes recebidos nas tribos. Segundo a Defensoria Pública do Estado, já há uma demanda de pelo menos 4 mil pedidos para a inclusão do nome étnico. A mudança é um direito garantido pela constituição brasileira.

Fonte: Jornal da Record

Anúncios