Universidade é condenada por erro médico

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O erro médico no Brasil matou mais do que 4 anos de guerra na Síria. Pelo menos 200 mil pessoas perdem a vida, por ano, em hospitais brasileiros, vítimas da falta de cuidado de profissionais médicos. E quando sobrevivem, muitas vezes, ficam com sequelas. Em Minas Gerais, um paciente que teve material cirúrgico esquecido dentro do pulmão processou a Universidade de Uberlândia (UFU), vinculado à unidade de saúde. O Tribunal Regional Federal da 1ª Região condenou a instituição de ensino a pagar indenização por danos morais à vítima.

Fonte: Programa Via Legal

Anúncios