Facebook, Twitter e Google constatam ingerência russa

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Na corrida presidencial do ano passado nos Estados Unidos, 126 milhões de norte-americanos foram expostos a notícias falsas, publicadas na internet com o objetivo de influenciar o resultado da eleição. Nesta semana, representantes de grandes empresas de internet começaram a depor na comissão do Senado que investiga a ligação entre a campanha eleitoral de Donald Trump e a Rússia.

Fonte: Jornalismo SBT

Anúncios