Brasil deixa o Haiti entre paz frágil e miséria

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A Minustah (missão de paz da ONU no Haiti), cujo comando militar era do Brasil, terminou oficialmente neste domingo (15/10/17), depois de 13 anos. Os militares brasileiros já deixaram o país, que vive hoje uma paz frágil e segue enfrentando a miséria e as doenças. Moradores ouvidos pela Folha divergem sobre o trabalho dos brasileiros. Para uns, ajudou a proteger a população; para outros, o uso de força foi excessivo.

Fonte: TV Folha

Anúncios