A história da cachaça Dama da Noite

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Na família Barroso, lá de Leme do Prado, no Norte de Minas, tradição tem nome: cachaça. A bebida começou a ser produzida na fazenda São Luiz em 1850, pelo Capitão Barroso. Mas foi o seu neto, Geraldo Barroso, que batizou a cachaça de Dama da Noite, inspirado por versos de sertanejos da região. Até hoje, o senhor Geraldo vive na fazenda, no alto dos seus 102 anos, e a Dama da Noite continua sendo envelhecida num tonel de cerca de 300 anos.

Fonte: Minas Rural

Anúncios