Financiamento público de campanhas revolta população

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A proposta da reforma política, que pretende destinar cerca de R$ 3,6 bilhões do dinheiro público para custear campanhas eleitorais, gera polêmica entre a população. O texto defende que 0,5% dos impostos pagos pelos brasileiros seja destinado aos partidos políticos.

Fonte: Jornal da Record

Anúncios