Clima mortífero em 2100

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
Os fenômenos climáticos extremos, como ondas de calor, secas e inundações, poderão afetar dois em cada três europeus perto do fim do século, segundo estimativas que constam num estudo divulgado hoje na publicação científica The Lancet Planetary Health. De acordo com o estudo, o número de mortes resultantes de ondas de calor poderá aumentar potencialmente 50 vezes na Europa, passando de 2.732 anuais no período 1981-2010 para 151.514 anuais em 2071-2100.

Fonte: Euronews

Anúncios