Tráfico e trabalho escravo de mulheres filipinas

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A investigação começou depois que três mulheres das Filipinas fizeram acusações contra os patrões. Elas trabalhavam para família ricas de SP e procuraram o Ministério Público do Trabalho (MPT). As mulheres relataram que a rotina de trabalho era exaustiva, que eram exploradas e viviam praticamente como escravas.

Fonte: Jornal da Record

Anúncios