Dados mostram aumento de assassinatos no campo

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg

Quarenta e duas pessoas foram assassinadas nos primeiros seis meses deste ano em conflitos de terras no Brasil. O número é alto, se comparado ao total do ano passado, quando 61 pessoas morreram pela violência no campo. Os dados são da Pastoral da Terra, ligada à Igreja Católica. O assunto foi tema de uma audiência pública na Câmara.

Fonte: Câmara dos Deputados

Anúncios