Alerta sobre agravamento dos conflitos agrários

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
O ataque a indígenas da etnia Gamela, no Maranhão, e o assassinato de nove agricultores sem-terra no Mato Grosso, acenderam novo alerta para a violência no campo. As disputas por terra ou água chegaram a triplicar em algumas regiões nos últimos trinta anos. Os números são da Comissão Pastoral da Terra (CPT), entidade de defesa dos direitos humanos, ligada à igreja católica. E sobre esse cenário de agravamento dos conflitos no campo, nós recebemos a deputada Eliziane Gama (PPS-MA).

Fonte: Câmara dos Deputados

Anúncios