Johnson e Johnson paga indenização de 100 milhões de euros

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg
A gigante farmacêutica dos Estados Unidos, Johnson e Johnson, foi condenada por um tribunal do estado do Missouri ao pagamento de uma indemnização superior a 100 milhões de euros a uma mulher, que conseguiu provar que desenvolveu cancro nos ovários depois de usar o pó de talco para a higiene íntima. Não é a primeira vez que a empresa se vê obrigada a pagar indemnizações a consumidoras em casos semelhantes.

Fonte: Euronews

Anúncios