Crack: a praga da lavoura

Clique na imagem para ver este vídeo
0.jpg

No território de fazendeiros e trabalhadores rurais, o consumo de crack só perde para o do álcool. E, mesmo assim, as pesquisas são incipientes e as políticas públicas para combater o vício entre os lavradores são praticamente inexistentes.

O Caminhos da Reportagem foi ao interior paulista, onde trabalhadores consomem a droga na própria lavoura ou depois do trabalho no campo, para mostrar e discutir essa triste realidade. “O canavial é muito fácil para se usar crack porque é um mar de cana. Você se perde ali. Não há fiscalização”, alerta a socióloga Arlete Fonseca.

Ex-trabalhadores rurais e um filho de fazendeiro contam como conseguiram se livrar do vício e dos traficantes. Muitos deles perderam tudo, inclusive a família. “Acabei entrando na dependência do álcool e da droga. E hoje estou na luta”, desabafou o trabalhador rural José Bento dos Santos no programa.

Fonte: Tvbrasil

Anúncios