Trocar ou consertar o celular?

Clique na imagem para ver este vídeo
0.jpg

Em tempos de “vagas magras”, o brasileiro está mudando de hábitos para cortar despesas e evitar novos gastos. Os celulares ou smartphones estavam entre os produtos que passavam menos tempo nas mãos do consumidor até que fossem trocados por um novo. Mas não é de hoje que boa parte dos usuários prefere ficar com os aparelhos um pouco mais, mesmo que pra isso precise recorrer a uma assistência técnica.

Anúncios