Prefeito do Capão do Leão assume Azonasul na Abertura da Colheita do Arroz

Durante a programação da 29ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz foi reservada uma agenda à realização da Assembleia anual dos prefeitos da Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul), que empossou o prefeito de Capão do Leão/RS, Mauro Nolasco, como o presidente da entidade, nesta quarta-feira (20/02).

O nome do candidato à presidência da Azonasul foi colocado à votação e eleito por unanimidade, tendo a prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, como sua vice-presidente, função também dividida com o prefeito de Arroio Grande, Luiz Henrique Pereira da Silva. O ato foi prestigiado pelos realizadores do evento, como a Embrapa, representada pelo chefe-geral, Clenio Pillon, que sedia a Abertura da Colheita pela primeira vez, em sua base física localizada no Capão do Leão, RS .

Clenio Pillon agradeceu a presença dos prefeitos, desejando sucesso nas realizações para a presidência e sua diretoria composta para atuar no período 2019/2020, além de lembrar a importância da realização da Abertura da Colheita do Arroz para a Metade Sul como motivação para formulação de políticas públicas que alavanquem o desenvolvimento regional. “Estamos apresentando o que há de melhor em tecnologias voltada ao setor arrozeiro, mesmo em tempos de dificuldades e crises, pelo o que todos estão vendo, vamos confirmar aquilo que nos comprometemos em fazer: a maior e a melhor Abertura da Colheita do Arroz”, assegurou o chefe-geral da Embrapa.

A assembleia da Azonasul contou com a votação da chapa única eleita, leitura do balanço econômico da gestão anterior, homologação de duas pautas de interesse da Associação, ato simbólico de transmissão do cargo e fala dos prefeitos ocupantes do cargo de presidente. O prefeito de São Lourenço do Sul, Rudinei Harter, encerra a sua gestão na Azonasul do período 2017/2018.

Fonte: Embrapa

Proposta facilita contratação de aprendizes por empresa rural familiar – Notícias

O Projeto de Lei 471/19 pretende facilitar às cooperativas e aos empreendimentos da agricultura familiar o cumprimento da obrigação legal de contratar de 5% a 15% de aprendizes no quadro de funcionários. O texto altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT, Decreto-Lei 5.452/43).

Isso seria feito pela comprovação de matrícula, pelos empregadores, de jovens entre 14 e 18 anos em cursos fornecidos por Escolas Famílias Agrícolas (EFAs) no modelo de formação por alternância, em que parte da aprendizagem é realizada nos empreendimentos da agricultura familiar.

A proposta está em análise na Câmara dos Deputados.
Continuar lendo

Espaço apresenta estratégias de ILP e vitrine de forrageiras para o orizicultor

Nesta 29° Abertura Oficial da Colheita do Arroz, que abriu ao público, nesta quarta-feira (20/02), os visitantes vão conferir no Espaço Embrapa a área de Integração Lavoura-Pecuária (ILP) e a vitrine de forrageiras de verão para a região, um diferencial da Abertura da Colheita, realizada pela Embrapa, que sedia o evento pela primeira vez. O objetivo do espaço de um hectare é apresentar mais uma alternativa de diversificação e rotação com a cultura do arroz e suprir o problema do vazio forrageiro. O espaço está sendo apresentado durante os três dias do evento, no formato de visita guiada, às caravanas de visitantes vindos dos diversos municípios do Estado.

Na parte da tarde, das 13h30 às 17h30, os pesquisadores e técnicos estiveram apresentando aos visitantes as características dessas variedades e maneira mais correta de manejar o solo para evitar o encharcamento.
Continuar lendo

Proposta facilita contratação de aprendizes por empresa rural familiar – Notícias

O Projeto de Lei 471/19 pretende facilitar às cooperativas e aos empreendimentos da agricultura familiar o cumprimento da obrigação legal de contratar de 5% a 15% de aprendizes no quadro de funcionários. O texto altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT, Decreto-Lei 5.452/43).

Isso seria feito pela comprovação de matrícula, pelos empregadores, de jovens entre 14 e 18 anos em cursos fornecidos por Escolas Famílias Agrícolas (EFAs) no modelo de formação por alternância, em que parte da aprendizagem é realizada nos empreendimentos da agricultura familiar.

A proposta está em análise na Câmara dos Deputados.
Continuar lendo

Análise Mercado do Boi Gordo

Clique na imagem para ver o vídeo
0.jpg

Confira a análise de mercado do boi gordo desta quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019. Maiores informações com a Engenheira agrônoma Pâmela Andrade, da Scot Consultoria.

Siga-nos nas redes sociais
Facebook: https://facebook.com/CanalDoBoi.SBA1
Instagram: https://www.instagram.com/canaldoboisba/
Saiba mais em: http://sba1.com/

Fonte: Canal do Boi